STJ NÃO CONHECE DE RECURSO DA DELTA CONSTRUÇÕES POR FALTA DE FUNDAMENTAÇÃO

STJ NÃO CONHECE DE RECURSO DA DELTA CONSTRUÇÕES POR FALTA DE FUNDAMENTAÇÃO

Em prestígio à Sumula n. 182 da Corte Nacional de Justiça, o Ministro Mauro Campbell não conheceu do agravo em recurso especial interposto pela Delta Construções S/A, uma vez que a referida empresa, ao se insurgir contra decisão do TJDF que inadmitiu seu recurso especial, não atacou especificamente os fundamentos consignados na decisão agravada.

O pano de fundo do pleito recursal que ora se noticia, versa sobre ação anulatória, na qual a DELTA objetivava a anulação dos atos que implicaram na sua desclassificação na Concorrência Pública n. 003/2007, cujo objeto diz respeito à execução dos serviços de limpeza urbana no Distrito Federal.

A empresa SUSTENTARE foi defendida no processo pela Silveira, Ribeiro e Advogados Associados.

Processo Relacionado: Aresp n. 743.981/DF

Ultimas postagens

A Sétima Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, referendando decisão do Juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública, nos autos de mandado…

O Ministro Napoleão Nunes Maia, em decisão monocrática, preservou a competência do Juízo da Quarta Vara Cível e de Acidentes de Trabalho da Comarca de…

  EMENTA ADMINISTRATIVO. AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO ORDINÁRIA.  PROCEDIMENTO DE LICITAÇÃO. CONTRATO ADMINISTRATIVO. RESCISÃO CONTRATUAL. DESCONSTITUIÇÃO. Hipótese em que há fortes elementos a indicar que…

  Justiça de São Paulo autoriza cartórios a protestar contrato de honorários  31 de outubro de 2017, 15h11 Seguindo o previsto no novo Código de…

  A SÉTIMA TURMA DO TRF1, COM QUÓRUM AMPLIADO, CONFIRMA QUE A REDE TV NÃO É SUCESSORA TRIBUTÁRIA DA ANTIGA TV MANCHETE Concluindo o julgamento…

  Cobrança do adicional de 1% da Cofins-Importação deve respeitar anterioridade nonagesimal Decisão é do TRF da 4ª região. segunda-feira, 30 de outubro de 2017…